Otoplastia

Algumas pessoas possuem orelhas de abano, ou com formatos diferentes do normal, para tanto esse procedimento cirúrgico é utilizado para corrigir tais alteracões. Tem por finalidade formar a anti-hélice, bem como diminuir a distância entre a face posterior da orelha e o couro cabeludo. A anestesia poderá ser local, com sedação ou geral.

A cicatriz desta cirurgia é praticamente invisível, por localizar-se atrás da orelha, no sulco formado por esta e o crânio. Além do mais, como se trata de região de pele muito fina, a própria cicatriz tende a ficar “quase imperceptível”, mesmo em algumas técnicas que utilizam pequenas incisões na face anterior.

Quanto a anestesia, em crianças é feita anestesia geral e em adultos: anestesia local com ou sem sedação (a critério). O período de internação varia de meio período a 1 dia, dependendo do tipo de anestesia e idade do (a) paciente.

O ato cirúrgico dura geralmente em torno de 90 a 120 minutos. Entretanto, o tempo de ato cirúrgico não deve ser confundido com o tempo de permanência do paciente no ambiente de centro cirúrgico, pois, esta permanência envolve também o período de preparação anestésica e recuperação pós-operatória. Seu médico poderá lhe informar quanto ao tempo total.

Esta é uma operação que não envolve perigo. Certo incômodo poderá ocorrer no pós-operatório. Quando houver esta intercorrência, poderemos combatê-la com analgésicos comuns.  
Faz-se a proteção da cicatriz com curativos pequenos. Protege-se a orelha (principalmente em crianças), nos primeiros dias, com uma espécie de touca, a fim de evitar traumatismos locais. Em alguns casos, recomenda-se o uso das faixas tipo "balé" ou "tênis". Por volta do 8° dia após a cirurgia são retirados os pontos, procedimento que não envolve dor.

Assim que se retira o curativo já teremos em torno de 80 % do resultado almejado. Após 12 semanas, o resultado será definitivo.

Desde que devidamente conduzida a cirurgia, o resultado será definitivo. Convém salientar que uma leve assimetria poderá ocorrer, pois, mesmo as pessoas não operadas e que tenham orelhas normais, não apresentam simetria absoluta.

PRÉ- OPERATÓRIO: 

PÓS- OPERATÓRIO: